Trekking Cachoeira Lagoa Dourada – #MochileirosBH & #AventurandoMG

Olá amigos(a) aventureiros(a)!
Desta vez fomos realizar o Trekking até a Cachoeira Lagoa Dourada! Vamos contar a todos vocês logo abaixo como foi esta maravilhosa aventura! Vale a pena ler até o final.

Primeiramente gostaria de agradecer o convite e o carinho da Luciana Vieira Santos e Letícia Costa (MochileirosBH) Grupo: https://www.facebook.com/groups/189529314542218  e as demais pessoas que participaram desta grande aventura!

trek

Partimos de Belo Horizonte até o Distrito de São José da Serra, cerca de 100km e 11km de estrada de chão em bom estado. Estacionamos os veículos próximo a mercearia principal e logo ali iniciamos a nossa caminhada.

Uma pessoa que conhece a trilha não pode comparecer devido a outros compromissos, e não sabíamos o caminho para Cachoeira Lagoa Dourada, mas fomos caminhando com intuito de chegar lá! Andamos pelas estradas de terra no distrito até encontrar a trilha de cascalho solto e branco onde começa a subir a serra mas não encontramos. Passamos por caminhos desconhecidos, varamos mato, saímos em outras trilhas e quando menos imaginávamos, chegamos a uma parte da quinta cachoeira acima do rala bunda onde descemos pela trilha e pedras, tiramos algumas fotos e subimos por uma escada onde deu acesso a uma estrada curta de terra.

001 002003 004

Percorremos alguns caminhos varando mato e acabamos saindo em uma propriedade particular onde pegamos informações por onde passar e o Sr. deixou passarmos dentro desta propriedade.

005 006

Percorremos o caminho da estrada de terra com algumas bifurcações sempre mantendo a direita onde tínhamos um pouco da vista da Serra. Quando estávamos caminhando, perguntamos a um morador da região o Sr. Pedro por onde a trilha se iniciava mas o mesmo informou que estávamos no caminho errado e que teríamos que voltar bastante!

O grupo se dividiu (apesar de eu não concordar nunca em separar as pessoas em uma trilha), continuei a caminhada junto as pessoas que me convidaram e outras pessoas insistiram em percorrer outro caminho que poderia ou não levar a Cachoeira Dourada. Em seguida neste relato, continuaremos a contar sobre o nosso caminho em busca da Cachoeira Dourada!

Saímos novamente no distrito de São José da Serra onde contém uma bifurcação e um mata burro onde pela esquerda pega-se uma estrada de terra e por ali sim, começou a nossa aventura. Já tínhamos andado bastante antes de iniciar pela trilha correta. Eram aproximadamente 13:00 da tarde quando iniciamos, sabendo que voltaríamos no escuro de acordo com a previsão da distância, dificuldade e etc.

007 008

Achamos a trilha de cascalho solto e pedras brancas onde iniciava a nossa longa subida da Serra. Sabíamos que o tempo seria curto mas estávamos dispostos a enfrentar este grande desafio! Fomos subindo e subindo em alguns trechos com um pouco de dificuldade devido ao cascalho solto e pedras grandes como vocês podem observar nas imagens acima, paramos somente 1 vez por 5 minutos para fazer um lanche no meio da subida e continuamos o nosso caminho. Quando esperávamos estar no topo da serra havia mais subidas! Uma companheira de trilha já estava muito cansada e foi o seu primeiro trekking mas estava em condições físicas e psicológicas para realiza-lo, para ela estava sendo um grande desafio e superação.

guerreira guerreira2

Esta é a grande guerreira, a Dayse Salome, onde tivemos a oportunidade de visualizar com os próprios olhos o que é uma pessoa fazer seu primeiro trekking na natureza e desafiar seus próprios limites! Já havíamos andado bastante passando por trechos de difícil acesso antes de iniciar pela trilha correta, e Dayse Salome estava muito cansada e logo quando iniciamos a trilha correta na parte de cascalho, minutos após a mesma achou que não iria conseguir mas como ela teve um objetivo ela continuou a caminhada, mesmo em alguns momentos de dificuldade ela continuava seguindo o caminho com força, foco, fé, determinação! Realmente é uma grande guerreira e nos mostra que nunca devemos desistir de nossos objetivos por mais difícil que seja!

10 11lets lets2

Conseguimos subir toda parte íngreme da serra e para nós, esta foi uma grande etapa com nível de dificuldade maior! A Letícia Costa (MochileirosBH), uma grande guerreira e trilheira, nos prestou apoio, direção, incentivo a todo momento, gostaríamos de agradece-la por tudo com sua motivação, alegria e determinação e por acreditar que conseguiríamos chegar ao nosso destino por mais tarde que seja, pois é como ela disse “instinto mochileiro” e realmente faz a diferença nestes momentos! Letícia é uma pessoa super tranquila e positiva! 🙂

val1 va2

Passamos por um lindo vale bastante plano com pequenas elevações com trilha bastante demarcada, alguns pastos na região e fomos seguindo no instinto mochileiro para chegar até a Cachoeira Dourada. O caminho não parecia ter fim, já estava quase no fim da tarde mas nos sentimos confiantes em continuar o nosso caminho!

lu1 lu2

Luciana Vieira Santos, graças a você, (Vinícius Xavier) pode compartilhar grandes momentos com esta turma tão maravilhosa! Luciana sempre com seu carisma, alegria e sorriso que espalha por onde passa! Uma trilheira nata, que está sempre pronta para os maiores e melhores desafios!

 

aaa1 a22

Quando menos imaginávamos estávamos ouvindo um barulho d’água e percebemos que estávamos na parte de cima da Cachoeira Lagoa Dourada! Ficamos muito mas muito felizes em chegar lá! Inicialmente não vimos acesso a parte de baixo da cachoeira além pelas pedras mas logo na parte direita há uma trilha demarcada para chegar-se nela.

Precisamos ver para crer e foi dito e feito!

lagoadou dourada

Quando chegamos a Cachoeira Dourada foi como encontrar um pote de ouro no final de um arco-íris!
Estávamos super satisfeitos por ter vencido mais um desafio! Nossas pernas estavam já anestesiadas de tanto andar, e paramos para fazer um lanche e curtir um pouco da cachoeira por aproximadamente 45 minutos pois tínhamos que retornar pois estava prestes a anoitecer!

Gostaria de aproveitar, como vocês podem observar na foto acima, um membro do Grupo AventurandoMG (Vinícius Xavier) e a (Letícia Costa) do Grupo Mochileiros BH, compartilhamos esta excelente caminhada com muita troca de conhecimento e experiências! Particularmente, posso afirmar que “sozinho a gente chega sempre perto, mas de turma a gente chega muito mais longe” a união sempre faz a força! Somos pessoas com objetivos em comum em realizar atividades na natureza e não há nada melhor do que compartilhar estes momentos maravilhosos ao lado de pessoas maravilhosas! 🙂 Foi um grande presente!

ca3ca1 ca2ca6

Grande Rodrigo Santos (MochileirosBH) nas fotos acima, um rapaz super prestativo e guerreiro! Que nos ajudou em todos os momentos na trilha! Foi o primeiro a entrar na água muito gelada e para ele não teve tempo ruim, mergulhou com gosto! Gostaríamos de agradecer ao Rodrigo Santos por todo apoio em nossa trilha, sempre acreditando que somos capazes de ir muito mais além do que imaginamos!

esc1 esc2esc3 esc4

Estava escurecendo quando ainda estávamos passando pelo vale que fica por cima da Serra que ainda tínhamos que descer! Antes de iniciar a descida da Serra já estava totalmente escuro e foi aí que estávamos prontos com muita fé, força, determinação em realizar o trekking noturno sabendo que poderia haver grandes dificuldades por estar escuro, bifurcações, muito mas muito cascalho e pedras soltas que na descida se torna ainda pior que a subida com risco de queda mas nos reunimos antes de descer e ficamos muito juntos e um ajudando aos outros! Foi uma aventura a cada momento, quando desligávamos as lanternas vimos aquele lindo céu estrelado e luzes de casas e sítios de São José da Serra lá em baixo bem distante, era uma vista fabulosa! Descemos com muito cuidado e muita alegria que tornou a nossa aventura ainda mais prazerosa! Viemos contando casos, cantando músicas, piadas seguidas de muitas gargalhadas! Estávamos exaustos, e não vimos tanta dificuldade como as pessoas dizem em descer a serra principalmente no escuro.A cada momento que se aproximava ao distrito onde paramos o nossos veículos estávamos cada vez mais com a sensação do gostinho da vitória e realização!

Enfim chegamos ao distrito próximo a mercearia e já erra 21:15 da noite, gastamos aproximadamente 3 horas e meia saindo da Cachoeira Lagoa Dourada até nosso ponto inicial. A volta foi muito mais rápida, pois nossa caminhada total durou 11 horas devido a outros caminhos que passamos!

Conclusão:

Parabenizo a todos que realizaram o trekking, a todos que foram por outro caminho e não conseguiram chegar a Lagoa Dourada mas conseguiram curtir lindas Cachoeiras na região, em especial a Letícia Costa, Luciana Vieira Santos, Dayse Salome, Rodrigo Santos, Vinícius Xavier, por poderem compartilhar mais esta conquista a “Cachoeira Lagoa Dourada” cada um com seu conhecimento e experiências que somado deu forças para conseguirmos atingir nosso objetivo! Muitas pessoas não acreditaram que conseguiríamos chegar lá em baixo por ter anoitecido, moradores da região disseram que seriam impossível fazer o caminho da volta a noite mas com o instinto mochileiro, somando a conhecimento, experiências de cada um e a força divina e energias boas do universo, conseguimos mais esta VITÓRIA!

4 comentários em “Trekking Cachoeira Lagoa Dourada – #MochileirosBH & #AventurandoMG

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s